por Dra. Giovanna Guarinello | 16/02/2021 em Trombose

Trombose: o que é, quais as causas e tratamentos

Com certeza você já ouviu falar sobre a trombose, mas você sabe o que é?

De forma bem resumida: são coágulos que se formam na corrente sanguínea impedindo a passagem de sangue.

A trombose mais conhecida é a trombose venosa, que acomete os vasos que são responsáveis pelo retorno do sangue das pernas e braços de volta para os pulmões e o coração.

Hoje iremos falar um pouco sobre este tipo de trombose, e mais pra frente prometo contar pra vocês sobre a trombose arterial – vasos que levam o sangue do coração para o resto do corpo.

A trombose pode originar a partir de varizes, após um grande período de imobilidade como internação hospitalar e até mesmo viagens, uso contínuo de remédios como anticoncepcional e claro, alguns hábitos não saudáveis como tabagismo, sedentarismo, má alimentação e obesidade.

Sintomas

  • Dor no local;
  • Inchaço local. Em alguns casos como trombose nas pernas, uma pode ficar maior do que a outra;
  • Ardência local;
  • Calor no local do coágulo ou na perna;
  • Alteração na cor da área do coágulo, que pode ficar vermelha, azul ou arroxeada;
  • Rigidez na musculatura da região;
  • Se o coágulo vai até o pulmão (embolia pulmonar), o paciente pode apresentar ainda dor no peito e nas costas, tosse com sangue e respiração curta e rápida.

!!! Atenção,

A trombose pode apresentar todos ou alguns sintomas acima, mas também pode ser silenciosa, por isso é sempre importante realizar a prevenção e na dúvida consultar um Cirurgião Vascular.

É comum o paciente não sentir sintomas em casos de trombose, por isso é sempre muito importante manter hábitos saudáveis, como:

  • Beber muita água;
  • Se alimentar bem;
  • Praticar atividades físicas regularmente
  • Manter os exames em dia;
  • Visitar um Médico Angiologista.

Tratamentos

O tratamento é feito principalmente com uso de anticoagulantes, medicamentos que impedem a formação de novos coágulos e diminuem o risco destes se soltarem e evoluírem para uma embolia pulmonar. Porém cada caso deve ser avaliado individualmente. Lembrando que  o mais importante é a prevenção.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Marque a sua consulta

Preencha o formulário e entraremos em contato com você.

Comece uma conversa

Cadastre-se para começar uma conversa no WhatsApp

A nossa equipe responde rapidamente de segunda a sexta-feira, das 8h as 19h.